sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

TUIUIÚ OU JABURU: O SÍMBOLO DO PANTANAL


O nome Tuiuiú não soa estranho ao ouvido de quase ninguém, pois quase todo mundo se lembra de ter escutado esse nome em algum lugar. Porém, apesar de sabermos que se trata de uma ave, não temos muito claro quem é o Tuiuiú. Para esclarecer algumas dúvidas que ainda pairam sobre essa bela ave, separamos alguns fatos e curiosidades a respeito do mesmo. Acompanhe abaixo.

O Tuiuiú

Essa ave é bastante conhecida também como Jaburu, seu nome científico é Jabiru mycteria, pertence à família ciconniidae. Ainda existem outros nomes populares pelos quais essa ave é conhecida como tuim-de-papo-vermelho, jaburu-moleque, tuiuiú-coral, cauauá e tuiuguaçú (nomes mais comuns na região Amazônica).
Essa espécie, apesar de ser o símbolo do Pantanal, é bastante comum no país como um todo. Podemos encontrar Tuiuiús desde a região Norte do país até estados do Sul como Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Alguns relatos, ainda não comprovados, asseguram que existem Tuiuiús em lugares como Argentina e México.
O Tuiuiú
O Tuiuiú

Como é Um Tuiuiú?

Trata-se de um pássaro bastante robusto, pode chegar a medir 2,50 metros de envergadura. O seu peso pode chegar aos 8 kg chegando a alcançar até 1,60 de altura. Uma ave imponente que intimida quando vista de perto.
O pescoço dessa ave é nu e preto, porém, se observarmos a parte inferior do seu pescoço veremos que tem uma coloração vermelha: uma forma de acrescentar mais cor a uma ave que seria apenas preta e branca.
O bico do Tuiuiú é outro elemento que costuma chamar bastante atenção nessa ave. O comprimento dele é de cerca de 30 cm e bastante negro. De longe, é possível ver o bico desse animal. Tem uma diferença de tamanho do bico do macho para a fêmea. Em geral, o dos machos é ligeiramente maior que o das fêmeas.
Muitos consideram que o Tuiuiú é um tipo de cegonha, pois basta olhar para essa ave para ter essa sensação. Trata-se de uma ave de corpo bastante longo e com um porte por vezes atrapalhado. O bico longo e a postura desse animal também lembram muito as Cegonhas.
Outro adento interessante é que existem alguns exemplares de Tuiuiú com cores berrantes. Então, se vir uma ave que parece ser dessa espécie, mas conta com uma cabeça totalmente vermelha, saiba que é um Tuiuiú também. Embora mais raros, podem existir esses exemplares com cores diferenciadas.

Detalhes Da Vida Do Tuiuiú

A alimentação dessa ave tem como base peixes, insetos, moluscos, répteis e até mesmo pequenos mamíferos. A dieta do Tuiuiú ainda pode ser complementada com pescado morto, o que ajuda a evitar a putrefação dos peixes que morrem devido a falta de oxigênio. Na época da seca, é bem fácil ver um animal desses comendo o pescado morto.
Essa ave pode voar em alturas bastante elevadas e ainda conseguem manter o seu pescoço bastante esticado. Para encontrar um Tuiuiú, você deve ficar de olho em árvores esparsas e também em campos úmidos. Como podem voar bem alto, costumam viver nas árvores mais altas.
As caças que se encontram em estado de putrefação podem virar a refeição do Tuiuiú. Uma ave que pode ser encontrado sozinho, com um par ou até mesmo em pequenos grupos.
A maior parte da população de Tuiuiú está localizada no Pantanal (no Mato Grosso) até mesmo por isso é considerado um símbolo da região. Também existe uma grande variedade desses animais no Chaco Oriental do Paraguai.
Um dos principais problemas que o Tuiuiú enfrenta é o fato de ser bastante caçado pelo fato de ser considerado uma ave exótica.

O Tuiuiú e o Pantanal

Quando se fala no Pantanal (Mato Grosso) não tem como não pensar no Tuiuiú, o símbolo máximo da região. Além de existir uma grande variedade dessa ave nessa região, há também o fato de o Tuiuiú ser a maior ave voadora da região.
O nome Jaburu é bastante difundido como designação dessa ave porque a nomenclatura Tuiuiú acaba se referindo ao espécime cabeça-seca (Mycteria americana). Uma ave que combina com esse cenário e chega a dar um colorido a mais para um dos biomas mais bonitos do planeta.

A Personalidade Do Tuiuiú

Podemos definir a personalidade do Tuiuiú em uma única palavra: peralta. Uma ave divertida que sabe como aproveitar a sua vida.
A Personalidade Do Tuiuiú
A Personalidade Do Tuiuiú

A Reprodução Do Tuiuiú

O período de reprodução do Tuiuiú no Pantanal acontece de forma simultânea ao período de baixa das águas. Nessa época, muitos peixes acabam ficando presos nas lagoas e isso acaba ajudando na pesca.
As principais presas que os zelosos papais Tuiuiús levam para os seus filhotes nessa época são o mussum (Symbranchus marmoratum) e a traíra (Hoplias malabaricus) e também o grande caramujo aquático pulmonado (Pomacea).
Os ninhos dos Tuiuiú são tidas como as maiores estruturas que são construídas por aves no Pantanal. Esses pais não brincam em serviço. Uma curiosidade é que os ninhos podem ser feitos por até 06 aves e, além disso, o Tuiuiú ainda pode contar com a ajuda de Garças e outras aves.
Como essa ave tem a capacidade de voar muito além do limite, faz do alto das árvores o lugar ideal para montar o ninho para os seus filhotes. Assim eles estarão mais protegidos. Em alguns casos o Tuiuiú chega a reutilizar o ninho do ano anterior apenas fazendo pequenos reparos.
Trata-se de um animal que faz um trabalho admirável no que se refere a construção de um ninho, pois pode chegar a fazer um ninho de até 3 metros de diâmetro. Quanto a altura desses ninhos varia bastante em relação ao local em que estão localizados, ou seja, o tipo de vegetação que compõem o local. A altura pode chegar até 11 metros do chão.
O ninho do Tuiuiú é bastante forte e resistente e depois de abrigar os filhotes, pode servir até mesmo para abrigar uma pessoa, pois não se desfaz. Até mesmo por isso alguns Tuiuiús somente “reformam” o ninho do ano anterior. O casal dessa ave fica unido durante o período de reprodução todo e realizam danças em torno do ninho além de bater os seus bicos como um tipo de ritual para que fique tudo bem com os filhotes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário